Pular para o conteúdo principal

Tipos de séries e seus padrões


E aí, pessoal. Do nada me bateu a vontade de gravar mais um podcast e segui a vibe. Acreditem. Fiquei tão surpresa quanto vocês, mas segue mais um papo só nosso falando bobagens e coisas aleatórias. A bola da vez foi sobre série. Depois que finalmente consegui terminar de assistir Shadowhunters eu fiquei bem reflexiva sobre os padrões dos seriados que assisto. Liguei o microfone e a conversa com vocês fluiu. Escuta nosso podcast no final aí, mas também segue um resuminho dos tipos:

1. Ideal (♡): Aquela série perfeita que eu acredito que todo roteirista tenta alcançar. Aquela série que tem uma estória massa, desfecho melhor ainda e finaliza perfeitamente. Sabe aquelas apresentações no gelo que a galera passa um tempão treinando e quando finalmente acontece fica aquela gravação perfeita, rica de detalhes e só gratidão? Exatamente. ME INDIQUEM SÉRIES ASSIM, PELO AMOR DE DEUS. Never Ever I Have, On My Block, Orphan. Black e The Witcher. Manda mais!

2. Enrolona (⚠): Essa daqui é a que chamo de bomba no podcast. Aquela série que no início é excelente, perfeita, tudo de bom, mas então vai continuando e a estória vai deixando de ser aquela coisa toda. E a estória vai continuando e você fica pensando em quando essa consagrada vai finalizar e ela não finaliza. Chega na 15ª temporada e a gente só está pedindo a Deus pra ela terminar antes que chegue no limite do limite. Grey's Anatomy, The Walking Dead, Supernatural... Quem diz mais?

3. Bajuladora (☣): Estilo enrolona, mas pior ainda por que quer fazer de tudo para agradar o público e continuar sua audiência. Muda a personalidade do personagem e faz casais improváveis acontecerem. E o desfecho muda tanto que no final o objetivo da série nem faz mais o mesmo sentido que antes. Essa daqui é só decepções. Ou não, né? Pois cada um com seus gostos. E tem quem curta. #RespeitoÉTudo #Paz #NãoJulgo

4. Controversa (☠): Mais uma no estilo enrolona, mas ao invés de querer agradar o público ela quer ser polêmica e contraditória. Imagine aí as situações mais improváveis e o final que ninguém nunca imaginaria pra determinada série. Exatamente: Game of Thrones. Mas cada um com seus defeitos, não é mesmo amores? Como falei no podcast a lição de moral que fica: não adianta o quanto você se empenhe, pois o fracasso pode acontecer independente do seu esforço.

5. Injustiçada (⚖): Nossa, esse sim é um assunto delicado pra mim. Teve tanto seriado que eu amava os personagens, a estória. Era tudo massa, tudo perfeito mas quando menos esperei o tapa na cara: cancelado ou finalizado sem um final digno. Cadê o respeito com o público que assiste não é mesmo? O que nos resta é a nossa imaginação tentando supor através de teorias o final que a série teria. Quem mais pesquisa pra se confortar aqui sou eu. Everything Sucks, Sense8, The Get Down... Escreva nos comentários uma série que te dói quando você lembra dela.

E finalmente o nosso papo. Deita aí na tua cama como eu fiz, fica olhando pro teto e escuta aí nosso podcast:



E eu quero indicações de verdade verdadeira. Pode mandar por aqui, por e-mail ou pelas redes sociais. Xero pra vocês, coisas lindas.

Postagens mais visitadas deste blog

A nova tendência do cabelo descolorido e suas variações

Eu tô chocada que eu tô criando muita publicação no blog sobre Moda & Beleza que não é da minha essência. Quer dizer, eu acho lindo e adoro acompanhar, mas quase nunca crio coragem pra meter a cara e tentar fazer alguma dessas coisas que eu idolatro. Será que eu vou mudar isso futuramente? É uma mudança bem radical a gente descolorir o cabelo e, por exemplo, mudar algo que era preto para loiro. Já observei muito essas mudanças radicais entre pessoas influentes como artistas e queria compartilhar com vocês esse estilo que eu tô admirando bastante ultimamente.

A artes digitais absurdamente belas de Tati MoonS

Minha gente, eu descobri esse perfil do instagram por meio do twitter e eu fiquei sem fôlego com o tamanho do talento desta garota chamada Tatiana (auto-retrato na foto acima) com nome artístico de Tati MoonS. Ela é uma artista digital espanhola e dona dessas artes que estou prestes a apresentar a vocês.

As makes coloridas de Euphoria para se inspirar

E aí, meus queridos. Eu fiz justamente a publicação anterior falando sobre a série Euphoria para comentar algo que provavelmente vai marcar esta geração. Como eu falei na publicação sobre a série, além da estória em si a mesma também se destacou na parte visual tanto com a filmografia quanto os looks dos personagens, os cenários e as maquiagens. E como eu fiquei apaixonada, doida pra tentar refazer essas maquiagens e falhar, eu decidi apresentar esse trabalho incrível das principais maquiadoras e responsáveis por essas obras de arte. No caso são Doniella Davy e Kirsten Coleman, que eu já deixei o instagram pra vocês seguirem e acompanharem o trabalho delas.

Séries da Netflix: The Umbrella Academy

E aí, amiguinhos. Ontem, em plena sexta-feira, estreou a nova temporada dessa série queridíssima não só por mim, mas por vários outros seriadores. Como The Umbrella Academy é da Netflix, todos episódios da segunda temporada estavam disponíveis e eu sextei da melhor maneira não é, maratonando tudo em um dia. Sonho de princesa. É uma coisa maravilhosa, mas também pode ser um tremendo erro. Eu terminei de assistir tudo, fiquei na vontade de assistir mais e vou ter que esperar sabe-se lá quantos meses ou anos (a dramática). Percebi que ainda não tinha falado dela com vocês aqui, por isso estamos batendo esse papo.

Séries da HBO: Euphoria

Eita que eu tô feliz demais por compartilhar essa série massa com vocês. Euphoria é uma das minhas séreis favoritas. Ela tem um ingrediente mágico que a torna muito especial. Seria esta uma possível versão de Skins com adolescentes com problemas. Problemas relacionados a vícios, relacionamentos amorosos, busca pela identidade, traumas, rejeição, sexo, bullying, gravidez e aborto, orientação sexual e familiares. A série aborda principalmente o vício da Rue por drogas e como ela tenta combatê-lo. Euphoria se destaca também por causa dos seus looks com maquiagens coloridas e vestimentas impecáveis.