Pular para o conteúdo principal

Queridinhos de setembro

Sabe quando você tem um desejo de ler a continuação daquele livro que te deixou curiosa o mês inteiro? Assistir aquele filme que todos teus amigos já viram e acharam muito, muuito, muuuito bom? Ouvir aquela música ou aquele álbum o dia inteiro? É assim que funcionará a nova categoria do blog. Irei apresentar meus queridinhos do momento every single mês. Por setembro ser o primeiro mês ele está com alguns queridos que eu admiro desde antes, de meses anteriores. A lista acabou ficando um tanto maior do que eu imaginava que seria (5 itens pra mim era muito), mas vocês perdoam o exagero, né? Veeem conhecer meus queridinhos de setembro:

Maze Runner: Já estava sabendo da existência desse filme e dos livros da saga antes mesmo dele ser lançado. Mas só por causa de Dylan O'Brien e Kaya Scodelario que fazem parte do elenco. Kaya interpretava minha personagem favorita em Skins, Effy. E Dylan interpreta Stiles em Teen Wolf. Eles foram meu ponto de partida para ter curiosidade em conferir o filme. Vai demorar um pouco pra isso acontecer, mas eu vou ver e vou contar a vocês.

The Giver: Federico, blogueiro do Eu Devito, já havia falado muito sobre esse filme e hoje eu resolvi assisti-lo. Não vi trailer e nem li sinopse. A história me surpreendeu bastante. Me arrependi um pouquinho por ter assistido antes de ler o livro, mas fazer o que, né? Tenho certeza que não vou deixar de ler por isso. O filme é muito legal e transmite uma mensagem linda. Achei a história um pouco semelhante ao filme e livro A Hospedeira de Stephenie Meyer. Os dois são muito lindinhos e devem ser assistidos com absoluta certeza!

The Selection: Foi nas minhas férias, em janeiro desse ano, que eu li o primeiro livro da trilogia de Kiera Cass, A Seleção. Logo que acabei parti para o segundo livro, A Elite. Passei 6 meses de curiosidade e tortura angústia esperando o milagre que aconteceu. Uma garota de um grupo me ofereceu o terceiro livro em pdf, A Escolha. O li em um dia e, meu Deus, não achei que conseguiria amar tanto a trilogia! Primeiramente quando estou lendo um livro eu gosto de "entrar" na história, me sentindo a personagem que narra o enredo. A Seleção conta a história de America, uma garota pertencente a uma família simples de artistas. Ela e mais 34 garotas são selecionadas e somente uma delas ganhará o coração do príncipe Maxon. Para as outras garotas é um sonho ter sido escolhida para participar, mas para America é um pesadelo. A personagem tem uma personalidade muito peculiar e forte que fica impossível não gostar dela. A Seleção tornou-se mais que um "queridinho", é meu amorzinho!

Bolsa Nylon Charme: Conheci essa bolsa faz pouco tempo, mas já posso afirmar que estou apegada e desejando imensamente. Ela é da Imaginarium, confiram. Cheia de bolsos, com muito espaço, fundo rosa... Cabe meu caderno, meu livro, meu estojo, todas minhas bugigangas. Do jeito que a-do-ro. Tenho a leve impressão de que foi feita para mim. Devia até se chamar "Bolsa Thay Charmosíssima"! rs

Finding Carter: Olha, eu tenho que confessar a vocês. Estou amando demais as produções da MTV. Já acompanho outras séries do canal que são meus amorzinhos, Teen Wolf e Awkward, e depois que vi que a personagem principal de Finding Carter fazia parte do elenco de Skins, outro seriado amorzinho meu, decidi fazer uma maratona da primeira temporada para ver no que ia dar. Não procurei saber sobre a série, apenas assisti. Algo me dizia que a série era legal e que a irmã gêmea da Kathryn Prescott estaria também atuando no elenco. E, como imaginei, a série realmente é boa. Mas a Megan Prescott não faz parte do elenco #chateada. Finding Carter conta a história de Carter. Ela foi sequestrada aos 3 anos e só depois de 13 anos descobre a verdade. Daí que ela tem que voltar para sua família biológica, a família que não fazia ideia que existia. É uma situação muito tensa acontecer com alguém na realidade. Imagina a situação: você diz pra sua mãe que a ama todo o dia, sua vida é perfeita e você é feliz. Daí vem alguém dizendo que sua mãe na verdade é sua sequestradora e que você vai voltar para sua família, uma família cheia de desconhecidos que têm o mesmo sangue que o teu. Por enquanto não tenho o que reclamar e estou ansiosa para os próximos episódios!

Love Never Felt So Good: Não sei a magia que há na voz do Michael Jackson. Quando eu ouço essa música eu sinto um misto de emoções que não sei explicar, mas que são ótimas. Ela foi gravada em 1983, mas só lançaram em 2014 com uma nova versão contendo participação do lindo do Justin Timberlake. A letra é linda e a música é muito gostosa de se ouvir, cantar e dançar:



The Sims 4: Desde pirralha eu sou viciada em The Sims. Esse jogo eu tenho certeza que você deve conhecer, então dispenso apresentações. The Sims 4 foi lançado em setembro e já conquistou meu coração. Essa nova versão permite novos tipos de personalização que possibilita o jogo ser mais leve. Há melhorias nas personalidades, emoções, interações entre objetos e sims melhorando as histórias dos sims. Ainda não joguei por estar sem tempo, mas assim que eu estiver em férias irei conferir as novidades do meu jogo preferido!

Banda do Mar: Você aí que gosta de 5 a seco, Los Hermanos e Legião Urbana. É, você mesmo. Você precisa conhecer essa banda maravilhosa formada em 2014 por Mallu Magalhães, Marcelo Camelo e Fred Pinto Ferreira. É uma música suave, com uma batida legal e que transborda sentimentos. Essspia:



Acabou! Gostaram? Conta nos comentários!
Aproveitando essa publicação eu gostaria de pedir desculpa. Estou muito ausente no blog (sou uma péssima blogueira, eu sei). Isso aconteceu porque eu estou em semana de provas, mas nessa terça-feira acaba. Sempre que ocorrer imprevistos ou qualquer outra coisa eu faço questão de avisar e falar com vocês nas redes sociais. Então nos acompanhe e interaja também no Twitter e no Facebook. Basta dar um follow e um like! ☺

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A nova tendência do cabelo descolorido e suas variações

Eu tô chocada que eu tô criando muita publicação no blog sobre Moda & Beleza que não é da minha essência. Quer dizer, eu acho lindo e adoro acompanhar, mas quase nunca crio coragem pra meter a cara e tentar fazer alguma dessas coisas que eu idolatro. Será que eu vou mudar isso futuramente? É uma mudança bem radical a gente descolorir o cabelo e, por exemplo, mudar algo que era preto para loiro. Já observei muito essas mudanças radicais entre pessoas influentes como artistas e queria compartilhar com vocês esse estilo que eu tô admirando bastante ultimamente.

A artes digitais absurdamente belas de Tati MoonS

Minha gente, eu descobri esse perfil do instagram por meio do twitter e eu fiquei sem fôlego com o tamanho do talento desta garota chamada Tatiana (auto-retrato na foto acima) com nome artístico de Tati MoonS. Ela é uma artista digital espanhola e dona dessas artes que estou prestes a apresentar a vocês.

As makes coloridas de Euphoria para se inspirar

E aí, meus queridos. Eu fiz justamente a publicação anterior falando sobre a série Euphoria para comentar algo que provavelmente vai marcar esta geração. Como eu falei na publicação sobre a série, além da estória em si a mesma também se destacou na parte visual tanto com a filmografia quanto os looks dos personagens, os cenários e as maquiagens. E como eu fiquei apaixonada, doida pra tentar refazer essas maquiagens e falhar, eu decidi apresentar esse trabalho incrível das principais maquiadoras e responsáveis por essas obras de arte. No caso são Doniella Davy e Kirsten Coleman, que eu já deixei o instagram pra vocês seguirem e acompanharem o trabalho delas.

Séries da Netflix: The Umbrella Academy

E aí, amiguinhos. Ontem, em plena sexta-feira, estreou a nova temporada dessa série queridíssima não só por mim, mas por vários outros seriadores. Como The Umbrella Academy é da Netflix, todos episódios da segunda temporada estavam disponíveis e eu sextei da melhor maneira não é, maratonando tudo em um dia. Sonho de princesa. É uma coisa maravilhosa, mas também pode ser um tremendo erro. Eu terminei de assistir tudo, fiquei na vontade de assistir mais e vou ter que esperar sabe-se lá quantos meses ou anos (a dramática). Percebi que ainda não tinha falado dela com vocês aqui, por isso estamos batendo esse papo.

Séries da HBO: Euphoria

Eita que eu tô feliz demais por compartilhar essa série massa com vocês. Euphoria é uma das minhas séreis favoritas. Ela tem um ingrediente mágico que a torna muito especial. Seria esta uma possível versão de Skins com adolescentes com problemas. Problemas relacionados a vícios, relacionamentos amorosos, busca pela identidade, traumas, rejeição, sexo, bullying, gravidez e aborto, orientação sexual e familiares. A série aborda principalmente o vício da Rue por drogas e como ela tenta combatê-lo. Euphoria se destaca também por causa dos seus looks com maquiagens coloridas e vestimentas impecáveis.