Pular para o conteúdo principal

As três melhores séries de medicina


Ultimamente eu tenho estado muito viciada em séries médicas. Desde que conheci Grey's Anatomy eu fico buscando novas séries de medicina para assistir quando ela entra em hiato. É engraçado porque eu tenho plena certeza que nunca me daria bem na área de saúde e, mesmo assim, tenho um interesse absurdo pelos episódios. Provavelmente seja mais pelos dramas, mas também tem aquela faísca médica que deixa tudo melhor. Não sei explicar muito bem, mas separei as que eu mais estou apegada no momento, além de Grey's.





Grey's Anatomy

A série gira em torno da carreira médica de Meredith Grey e seus colegas, no Seattle Grace Hospital. Ela, Cristina Yang, Izzie Stevens, George O’Malley e Alex Karev são residentes e precisam aprender sua nova rotina de trabalho, conciliando com sua vida pessoal, enquanto descobrem a pressão e responsabilidade de ser cirurgião num dos melhores hospitais-escola de Seattle.

É mais do que óbvio que eu tenho que indicar de primeira Grey's Anatomy pra vocês. Já a citei nessa publicação, mas cito novamente. Esta é, com absoluta certeza, a melhor série que assisti em minha vida. Seja por causa do drama, do romance, de todo o universo que a envolve. Se você está procurando compará-la, eu diria que a mesma é uma versão similar de Dr. House focado mais na interação dos personagens. Não há necessidade em ter medo da quantidade de episódios existentes, eu já passei por isso e não me arrependo nunca de ter começado a assistir Grey's, estando ela na 8ª temporada na época. Deem o benefício da dúvida, testem e me contem o que acharam!!



The Good Doctor

A série foca no Dr. Shaun Murphy, um jovem cirurgião com autismo e síndrome de Savant que se muda de uma vida tranquila no interior para se juntar à unidade cirúrgica de um hospital de prestígio. Sozinho no mundo e incapaz de se conectar pessoalmente com aqueles que o rodeiam, Shaun usa seus dons médicos extraordinários para conquistar seus colegas e salvar as vidas dos pacientes.

Shaun se tornou especial automaticamente pelo seu jeito único de ser. É cativante acompanhar o desenvolvimento dele e, acredito que seja melhor ainda pra quem acompanhava o ator Freddie Highmore (Norman Bates de Bates Motel). Eu comecei a assistir essa série por indicação de um vlog da galera do Banco de Séries. Valeu, Eric e Michelli! Aproveitem e assistam o vídeo, pois está muito bacana e tem mais dicas de séries médicas. Continuando, além do Freddie também tem a atriz Antonia Thomas que interpreta Evie Douglas em Lovesick. Essa é outra série que eu amo demais. Assistam todas!!!



The Resident

Um jovem médico idealista começa seu primeiro dia sob a supervisão de um brilhante e austero residente sênior, que revela o lado bom e mau da medicina moderna. As vidas podem ou não ser salvas, mas as expectativas serão sempre destruídas.

Viram o rostinho familiar de Emily VanCamp (Amanda Clarke de Revenge)? Exatamente. Ela é o motivo inicial de eu assistir The Resident. E o Dr. Conrad Hawkins foi o segundo motivo para eu acompanhar. Afinal, quem já viu um médico que é totalmente fora do estereótipo? A série ainda está no início pra mim, pois estou na primeira temporada. A minha impressão é de que ela é uma série mais leve do que Grey's no quesito drama. Como cada série tem peculiaridades, essa também tem as suas e as mesmas me enlaçaram. Sou mais uma cordeirinha nesse rebanho. rs

Percebam que eu sou muito seguidora de atriz ou ator que participa de série que eu gostava e infelizmente essa série acabou. Não posso ver uma série que eu conheça um ator de outro trabalho que eu já começo a acompanhá-la. Você também é desses? Me conta quais séries você começou e quem são os atores que foram os causadores desse rebuliço!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A nova tendência do cabelo descolorido e suas variações

Eu tô chocada que eu tô criando muita publicação no blog sobre Moda & Beleza que não é da minha essência. Quer dizer, eu acho lindo e adoro acompanhar, mas quase nunca crio coragem pra meter a cara e tentar fazer alguma dessas coisas que eu idolatro. Será que eu vou mudar isso futuramente? É uma mudança bem radical a gente descolorir o cabelo e, por exemplo, mudar algo que era preto para loiro. Já observei muito essas mudanças radicais entre pessoas influentes como artistas e queria compartilhar com vocês esse estilo que eu tô admirando bastante ultimamente.

A artes digitais absurdamente belas de Tati MoonS

Minha gente, eu descobri esse perfil do instagram por meio do twitter e eu fiquei sem fôlego com o tamanho do talento desta garota chamada Tatiana (auto-retrato na foto acima) com nome artístico de Tati MoonS. Ela é uma artista digital espanhola e dona dessas artes que estou prestes a apresentar a vocês.

As makes coloridas de Euphoria para se inspirar

E aí, meus queridos. Eu fiz justamente a publicação anterior falando sobre a série Euphoria para comentar algo que provavelmente vai marcar esta geração. Como eu falei na publicação sobre a série, além da estória em si a mesma também se destacou na parte visual tanto com a filmografia quanto os looks dos personagens, os cenários e as maquiagens. E como eu fiquei apaixonada, doida pra tentar refazer essas maquiagens e falhar, eu decidi apresentar esse trabalho incrível das principais maquiadoras e responsáveis por essas obras de arte. No caso são Doniella Davy e Kirsten Coleman, que eu já deixei o instagram pra vocês seguirem e acompanharem o trabalho delas.

Séries da Netflix: The Umbrella Academy

E aí, amiguinhos. Ontem, em plena sexta-feira, estreou a nova temporada dessa série queridíssima não só por mim, mas por vários outros seriadores. Como The Umbrella Academy é da Netflix, todos episódios da segunda temporada estavam disponíveis e eu sextei da melhor maneira não é, maratonando tudo em um dia. Sonho de princesa. É uma coisa maravilhosa, mas também pode ser um tremendo erro. Eu terminei de assistir tudo, fiquei na vontade de assistir mais e vou ter que esperar sabe-se lá quantos meses ou anos (a dramática). Percebi que ainda não tinha falado dela com vocês aqui, por isso estamos batendo esse papo.

Vesgo: Músicas mixadas com aquele toque especial do brasileiro

E aí, meus queridos. Ultimamente estive animada para indicar coisas aqui no blog e aproveitando que conheci recentemente essa obra de arte presente no YouTube hoje a indicação é do canal de músicas chamado VESGO que tem uma leve semelhança do VEVO. Será que foi coincidência ou proposital? O idealizador do canal se chama Erickon Fox (foto abaixo). O canal existe desde 2015 e já conta com mais de 1 milhão de inscritos e mais de 233 milhões de visualizações em todos os vídeos. Sucesso que chama, né? Eu conheci esse canal após um vídeo de uma garota dançando a música Blinding Lights de The Weeknd na versão Os Barões da Pisadinha bombar na internet. Tais ligado na dança, né? Eu só fiquei como ela quando descobri esse canal show. Eu já amo músicas mixadas por vida, também amo música internacional e nosso som nacional aí pegando essa mistura de tudo o que eu gosto só deu em paixão à primeira visualização.