Pular para o conteúdo principal

Atividades físicas pra você dar uma chance


Olá, meus queridos. Tudo bem com vocês? Conheci praticamente hoje o projeto da Obvious Agency, podcast pelo qual tenho maior admiração e pretendo apresentar aqui pra vocês. Esse projeto se chama Chapadinhas de Endorfina e incentiva as pessoas a se exercitarem pela causa correta. "Fazer exercícios por que você ama o seu corpo e não porque odeia ele." 

Nós passamos tanto tempo tentando emagrecer por que odiamos o jeito que nosso corpo é e isso não nos leva a nada pois nesse pensamento você pode até chegar a emagrecer e alcançar seus objetivos. Mas aí que está a pegadinha. Você sempre vai buscar um defeito em você para se odiar e esse ciclo vai ficar repetindo até você entender que você está fazendo da maneira errada.

Invista sua energia num ritual de amor próprio com atividades que te tragam bem estar mental. E como desejo o bem pra todos vocês, irei elaborar novas publicações sobre esses tópicos. Acho mais do que necessário que você aprenda as perspectivas de outras pessoas. Pensamentos diferentes do que estamos acostumados a presenciar em nossa bolha social podem nos despertar, ativando questionamentos que antes nunca teríamos refletido.
Como por exemplo, compartilho minha experiência com vocês. Eu nasci e cresci sendo ensinada a odiar o meu corpo por ele ser do jeito que ele é. E acho que não sou só eu, não é? Ainda tem muitos que insistem que devemos ser o padrão de pessoa magra e de cabelos lisos como uma modelo. Mas com as informações que fui exposta na internet eu comecei a me questionar do por que eu me odiava e qual era o problema de eu ser diferente desse padrão. E com o tempo eu entendi que está tudo bem. Não tem problema nenhum. Cada um é belo da sua maneira e é isso que importa. Afaste-se de pessoas com esses pensamentos negativos que te colocam pra baixo. Você merece mais.
Mas então, continuando o foco da publicação eu vim apresentar algumas atividades pra vocês darem uma chance durante essa quarentena. A primeira coisa que você tem que fazer é explorar qual atividade você gosta. Gostar da atividade é muito importante, pois é pra você se divertir e não ser uma obrigação que você tem que riscar da lista. Entende onde quero chegar, né? Eu separei as atividades que eu mais gosto, mas você pode buscar outras coisas também. E essa lista não é só pra quarentena, pois tem uns esportes físicos que são mais no estilo de ir num lugar praticar tal exercício. Isso aí só depois do fim do coronavírus.

1. Respiração
Eu tenho ansiedade e acredito que a respiração, por mais bobo que pareça ser, é essencial para todos nós. Por isso que coloquei como primeiro tópico aqui. Na própria conta do Chapadinhas de Endorfina tem um passo-a-passo simples. Confere clicando aqui.

2. Meditação
Esse danado eu ainda não consegui começar por que eu sou muito da agoniada, mas meu amigo que é ativo nessa atividade deu umas dicas bem legais pra mim. Primeiro, faz algo que te deixe relaxado. Escuta uma música instrumental, toma um chá, toma um banho... Escolhe algo assim que te acalma e depois se senta em algum lugar confortável mas mantém a coluna reta. Separa cinco minutos do teu dia pra meditar fazendo uso da respiração. Tem a técnica diafragmática que é um tipo de respiração anti-ansiedade onde você inspira pelo nariz contando até 4. Segura o ar contando até 2. Solta pela boca contando até 6 e repete esse processo até dar os 5 minutos. Depois, com o tempo você vai aumentando o tempo de meditação pra 10 minutos, 15 minutos...

3. Alongamento
Depois que você inclui ele na sua rotina torna-se essencial pra você iniciar o dia bem. Na web existem vários tipos de alongamento diferentes, mas o que eu sigo é esse aqui abaixo. Logo após acordar, forre o tapete do exercício ou faça em cima da sua cama mesmo. Esse alongamento é sem pressa. A meta aqui é curtir o momento, entenderam? Eu fazia sempre esse alongamento antes de nadar e me sentia super bem. Tem outros tipos na internet também então se vocês não curtiram o que eu faço, vocês podem tentar outro que te agradem.



4. Dança livre
Acho que é uma das melhores partes da minha semana em que eu coloco uma música que eu gosto num volume alto, levanto da cadeira, começo a cantar e dançar conforme o ritmo no meu quarto. Às vezes puxo a minha mãe pra dançar comigo e é tudo divertido. A gente ri da nossa maneira desmantelada de dançar. Não dura tanto tempo (acho que uns 5 minutos), mas é um momento bem legal pra mim. Sugiro que vocês façam o mesmo.

5. Yoga
Existe diversos aplicativos e vídeos no YouTube pra quem tem interesse em iniciar Yoga. Eu uso esse daqui, mas vocês podem procurar outro gratuito na Play Store. Essa atividade diminui o estresse e ansiedade e promove condicionamento físico. Massa, não é?

6. Bicicleta
Esse aqui também é massa, tanto a bicicleta de verdade que você sai pros cantos e vai passeando quanto aquelas de academia que você faz aula de spinning. E pra quem não tem nem um nem outra opção também tem a possibilidade de fazer exercícios no estilo bicicleta em que não precisa gastar com nada.

7. Corda
Esse aqui é bem mais pesadinho por que te deixa sem fôlego, mas é uma sensação boa demais. É interessante fazer um investimento em uma corda tipo a da primeira foto. Comprei essa por uns R$ 50,00 e me serve muito bem. Faço uns vinte minutos e já fico morrendo. Haha

8. Dança com coreografia
Esse aqui é bem legal por que se você estiver com a mente aberta é uma oportunidade massa pra aprender coreografias das músicas que tu gosta de dançar. Além de ser divertido vai ser super útil por que depois que tudo isso acabar, nós vamos em algum lugar pra comemorar e aí você vai arrasar dançando a coreografia daquela música que tu tanto gosta. E, além disso, o YouTube está disponível pra você aprender coreografias de outras culturas. Já pensou em aprender movimentos de dança indiana? Latina? Regional como as folclóricas? Faz o teste e explora teus gostos.

9. Treino
Eu já fiz uns treinos pela Academia da Cidade mesmo que tem aqui em Recife e, nossa senhora, morri galera. Passei dias toda dolorida. Esse aqui é dias de luta mesmo viu, mas em compensação a pessoa malha todos os músculos possíveis que você tiver. Nessa pandemia está tendo muitas lives nas redes sociais de personal trainer fazendo seus treinos. E deve ter aplicativos também como o Freeletics. O negócio é pesado e pra quem gosta desse tipo de atividade.

10. Esportes físicos
Natação, vôlei, pilates, futebol, basquete... Esse aqui requer um investimento mensal, então pesquisa direitinho pra escolher bem em que você vai dar uma chance após o isolamento. Além dessas atividades tem as de artes marciais que te ajudam a se defender então só há privilégios. Alguma dessas artes são: caratê, capoeira, taekwondo, kung fu, judô, boxe, krav maga, jiu-jitsu e muay thai. E claro que minha sugestão pra esses seria natação ou vôlei. Amo demais.

Postagens mais visitadas deste blog

A nova tendência do cabelo descolorido e suas variações

Eu tô chocada que eu tô criando muita publicação no blog sobre Moda & Beleza que não é da minha essência. Quer dizer, eu acho lindo e adoro acompanhar, mas quase nunca crio coragem pra meter a cara e tentar fazer alguma dessas coisas que eu idolatro. Será que eu vou mudar isso futuramente? É uma mudança bem radical a gente descolorir o cabelo e, por exemplo, mudar algo que era preto para loiro. Já observei muito essas mudanças radicais entre pessoas influentes como artistas e queria compartilhar com vocês esse estilo que eu tô admirando bastante ultimamente.

A artes digitais absurdamente belas de Tati MoonS

Minha gente, eu descobri esse perfil do instagram por meio do twitter e eu fiquei sem fôlego com o tamanho do talento desta garota chamada Tatiana (auto-retrato na foto acima) com nome artístico de Tati MoonS. Ela é uma artista digital espanhola e dona dessas artes que estou prestes a apresentar a vocês.

As makes coloridas de Euphoria para se inspirar

E aí, meus queridos. Eu fiz justamente a publicação anterior falando sobre a série Euphoria para comentar algo que provavelmente vai marcar esta geração. Como eu falei na publicação sobre a série, além da estória em si a mesma também se destacou na parte visual tanto com a filmografia quanto os looks dos personagens, os cenários e as maquiagens. E como eu fiquei apaixonada, doida pra tentar refazer essas maquiagens e falhar, eu decidi apresentar esse trabalho incrível das principais maquiadoras e responsáveis por essas obras de arte. No caso são Doniella Davy e Kirsten Coleman, que eu já deixei o instagram pra vocês seguirem e acompanharem o trabalho delas.

Séries da Netflix: The Umbrella Academy

E aí, amiguinhos. Ontem, em plena sexta-feira, estreou a nova temporada dessa série queridíssima não só por mim, mas por vários outros seriadores. Como The Umbrella Academy é da Netflix, todos episódios da segunda temporada estavam disponíveis e eu sextei da melhor maneira não é, maratonando tudo em um dia. Sonho de princesa. É uma coisa maravilhosa, mas também pode ser um tremendo erro. Eu terminei de assistir tudo, fiquei na vontade de assistir mais e vou ter que esperar sabe-se lá quantos meses ou anos (a dramática). Percebi que ainda não tinha falado dela com vocês aqui, por isso estamos batendo esse papo.

Vesgo: Músicas mixadas com aquele toque especial do brasileiro

E aí, meus queridos. Ultimamente estive animada para indicar coisas aqui no blog e aproveitando que conheci recentemente essa obra de arte presente no YouTube hoje a indicação é do canal de músicas chamado VESGO que tem uma leve semelhança do VEVO. Será que foi coincidência ou proposital? O idealizador do canal se chama Erickon Fox (foto abaixo). O canal existe desde 2015 e já conta com mais de 1 milhão de inscritos e mais de 233 milhões de visualizações em todos os vídeos. Sucesso que chama, né? Eu conheci esse canal após um vídeo de uma garota dançando a música Blinding Lights de The Weeknd na versão Os Barões da Pisadinha bombar na internet. Tais ligado na dança, né? Eu só fiquei como ela quando descobri esse canal show. Eu já amo músicas mixadas por vida, também amo música internacional e nosso som nacional aí pegando essa mistura de tudo o que eu gosto só deu em paixão à primeira visualização.