Pular para o conteúdo principal

Meme sobre Livros

Tive a honra de ser marcada pela fofa da Dayane Menezes, dona do blog Costuro, Logo Visto para fazer esse meme sobre uma das coisas que mais amo: livros (podem pular de alegria). As regras são:

- Citar o nome e o link de quem te enviou;
- Indicar 2 livros (no mínimo) que leu em 2012 e gostou;
- Listar 3 livros (no mínimo) que deseja ler em 2013;
- Oferecer para 10 blogs e avisá-los.

2 livros que leu em 2012 e gostou
- A Menina Que Roubava Livros por Markus Zusak

Liesel Meminger é contada por uma narradora mórbida, surpreendentemente simpática. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943. Traços de uma sobrevivente: a mãe comunista, perseguida pelo nazismo, envia Liesel e o irmão para o subúrbio pobre de uma cidade alemã, onde um casal se dispõe a adotá-los por dinheiro. O garoto morre no trajeto e é enterrado por um coveiro que deixa cair um livro na neve. É o primeiro de uma série que a menina vai surrupiar ao longo dos anos. O único vínculo com a família é esta obra, que ela ainda não sabe ler. Assombrada por pesadelos, ela compensa o medo e a solidão das noites com a conivência do pai adotivo, um pintor de parede bonachão que lhe dá lições de leitura. Alfabetizada sob vistas grossas da madrasta, Liesel canaliza urgências para a literatura. Em tempos de livros incendiados, ela os furta, ou os lê na biblioteca do prefeito da cidade. A vida ao redor é a pseudo-realidade criada em torno do culto a Hitler na Segunda Guerra. Ela assiste à eufórica celebração do aniversário do Führer pela vizinhança. Teme a dona da loja da esquina, colaboradora do Terceiro Reich. Faz amizade com um garoto obrigado a integrar a Juventude Hitlerista. E ajuda o pai a esconder no porão um judeu que escreve livros artesanais para contar a sua parte naquela História. A Morte, perplexa diante da violência humana, dá um tom leve e divertido à narrativa deste duro confronto entre a infância perdida e a crueldade do mundo adulto, um sucesso absoluto - e raro - de crítica e público.

- O Menino Do Pijama Listrado por John Boyne

A história conta sobre o personagem principal, Bruno, que tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os Judeus. Também não faz ideia de que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos de que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e, para além dela, centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com um frio na barriga. Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. "O Menino do Pijama Listrado" é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.



3 livros que deseja ler em 2013

10 blogs para fazer o mesmo
Não encontrei, então fiquem a vontade para fazer o meme.

Até a próxima postagem!

Postagens mais visitadas deste blog

A nova tendência do cabelo descolorido e suas variações

Eu tô chocada que eu tô criando muita publicação no blog sobre Moda & Beleza que não é da minha essência. Quer dizer, eu acho lindo e adoro acompanhar, mas quase nunca crio coragem pra meter a cara e tentar fazer alguma dessas coisas que eu idolatro. Será que eu vou mudar isso futuramente? É uma mudança bem radical a gente descolorir o cabelo e, por exemplo, mudar algo que era preto para loiro. Já observei muito essas mudanças radicais entre pessoas influentes como artistas e queria compartilhar com vocês esse estilo que eu tô admirando bastante ultimamente.

Resenha: A Barraca do Beijo de Beth Reekles

Desde que a Netflix lançou o segundo filme da Barraca do Beijo apareceram tweets na minha linha do tempo do perfil do blog com comentários negativos que me deixaram curiosa para entender o que estava acontecendo. Essas críticas envolviam os personagens principais do filme e suas atitudes tóxicas e machistas, coisas essas que eu não tinha percebido quando assisti os filmes. Mais uma coisa que eu não sabia e que eu só fiquei sabendo nesse exato momento que estou escrevendo pra vocês é que o livro A Barraca do Beijo foi feito por uma cientista. Beth Reekles, a autora do livro, é uma garota de exatas, formada em Física pela Exeter University. Mas nas horas vagas ela gosta de ler e escrever no Wattpad. O livro fez tanto sucesso nessa plataforma com mais de 19 milhões de acessos e 40 mil comentários, além de vencer o Prêmio Watty de Ficção Adolescente mais popular que eu entendi tudo. A senhora Netflix não ia deixar essa oportunidade passar batido, não é mesmo?

A artes digitais absurdamente belas de Tati MoonS

Minha gente, eu descobri esse perfil do instagram por meio do twitter e eu fiquei sem fôlego com o tamanho do talento desta garota chamada Tatiana (auto-retrato na foto acima) com nome artístico de Tati MoonS . Ela é uma artista digital espanhola e dona dessas artes que estou prestes a apresentar a vocês.

Os lugares mais baratos pra comprar roupas em Recife

Existem duas lojas de fábrica situadas no bairro Santo Amaro em que vocês vão adorar os produtos e principalmente o preço deles. São roupas lindíssimas para todos gêneros (femino e masculino), idades (criança, adolescente e adulto) e tamanhos (P ao GG). Podem ser pra você ou podem ser um presente para alguém especial. E aí? Preparado pra gastar com gosto? Não tem coisa melhor do que comprar uma roupa pelo preço que realmente deveria ser, não é? Venha cá conhecer essas belezuras!

Jogo para PC: Valorant

E aí, meus queridos. Tudo bem com vocês? Assim como eu já tinha compartilhado com vocês no Twitter sobre esse jogo massa, do mesmo estilo Call of Duty, finalmente chegou o dia do seu lançamento e também tive a oportunidade de gravar minha primeira gameplay e impressões do jogo. O gráfico é muito lindo. Supriu totalmente minhas expectativas. Ele é um jogo de tiro em primeira pessoa. Tem essa arte diferenciada de como se tivesse saído diretamente da Cartoon e não são personagens comuns. As falas dos personagens têm a possibilidade de ser no idioma português e são bem cômicas. Além de que cada um tem uma habilidade específica envolvendo magia pra ajudar a criar obstáculos, atacar os inimigos e consequentemente vencer.