Pular para o conteúdo principal

5 dicas essenciais para quem quer ser fluente em outro idioma



E aí, meus queridos. Estou mais uma vez nesse blog belíssimo para dar minhas dicas e experiências de como estou aprendendo idiomas diferentes do qual sou nativa. No momento eu estou me especializando em inglês e espanhol. Inglês sempre foi um idioma que admirei e quis aprender, né? Já espanhol eu não me interessava tanto na escola, mas atualmente devido as influências de algumas séries que assisti e pessoas que conheço, acabei criando gosto pelo idioma e estou na luta tentando aprender sozinha.

Mas o papo de hoje será sobre dicas importantes que eu descobri durante a jornada do aprendizado e que acho essenciais, independente do idioma que você deseja. Então vamos lá sem mais delongas:

1. Aprender os conceitos básicos e as regras gramaticais

Qualquer pessoa que esteja interessada em aprender outro idioma pode adiantar seu aprendizado buscando conhecer os conceitos básicos como a pronúncia do alfabeto nesse idioma, cumprimentos, como se fala e escreve as cores e os números, como funciona as regras gramaticas... Qual é o seu nome? Quantos anos você tem? De onde você é? Que horas são? Essas e outras perguntas que você utilizaria com frequência se estivesse morando lá. É necessário você abraçar esse objetivo com gosto buscando aprender por conta própria. Esse desejo vai ter que ser constante e, apesar das dicas que eu tô te dando, teu sucesso vai depender exclusivamente da tua vontade pela busca contínua de melhoria.

2. Se inscreva em cursos gratuitos ou pagos

Pra o interessado aprender bem é necessário criar essa rotina de estudo aprendendo assuntos novos, resolvendo exercícios, criando conexões com o mesmo interesse e isso tudo a gente só consegue fazendo um curso. É importante tanto ter o idioma quanto ter a experiência e ouvir as experiências de profissionais que estão há mais tempo nesse ramo. O ambiente de uma instituição são primordiais para você avançar nessa jornada. Portanto procure um professor particular, um curso pago, um curso gratuito que o governo ofereça, um curso gratuito na internet ou um grupo de estudos que também queiram o mesmo que você.

3. Incluir o idioma no dia-a-dia

Quanto mais você incluir esse idioma em seu dia-a-dia, mais rápido você vai aprender. Para isso é necessário conhecer mais da cultura estrangeira desse idioma com músicas, filmes, séries, documentários, podcasts... Use tudo o que estiver de fácil acesso a seu benefício.
  • Ouvindo músicas e podcasts, traduzindo e entendendo o que estão dizendo. Familiarize-se com as diferentes pronúncias, vozes e tons.
  • Estude e pratique por meio de aplicativos de educação como o Duolingo.
  • Assista filmes, seriados e documentários com o idioma que você quer aprender e com a legenda em português. Caso você esteja se sentindo confiante passe a utilizar as legendas com o idioma que você deseja. Por exemplo, assistir algo em inglês com a legenda em inglês. Dessa forma você está desenvolvendo sua audição e leitura.
  • Assista canais no YouTube que dão dicas do idioma e canais de viagem que mostram como as coisas funcionam por lá.
  • Leia e estude por meio de livros no idioma desejado. Uma ferramenta boa que facilita nesse aprendizado e na tradução é o Kindle.
  • Pratique a escrita entrando em contato com estrangeiros ou escrevendo algum diário no idioma que te interessar.
  • Compre um dicionário e por meio dele aprenda uma palavra nova por dia. Tente criar frases com essa palavra, repita-a em voz alta e saia destacando as que você escolher.
  • Mude o idioma do seus aparelhos eletrônicos e redes sociais para se familiarizar com parte do vocabulário.
  • Entre em fóruns estrangeiros sobre assuntos que você gosta, leias as mensagens dos usuários e faça sua contribuição respondendo-as.
  • Acompanhe diariamente notícias no idioma que você quer seguindo os jornais locais pelas redes sociais ou nos sites. Fica por dentro de tudo o que está acontecendo lá.
  • Crie um dicionário pessoal com as palavras que você aprender. Tem aplicativos que te ajudam nisso.

4. Pratique constantemente o que está aprendendo

Qualquer tipo de aprendizado requer a prática constante tanto pra aprimorar seu conhecimento quanto pra você não esquecer do que aprendeu. É importante que você mantenha essa rotina pra alcançar o seu objetivo, que é a fluência no idioma desejado.

5. Faça intercâmbio para alcançar a fluência

Esse é a dica primordial. Se você quer mesmo aprender algum idioma novo você tem que vivencia-lo. Então coloca na tua cabeça que em algum momento você vai realizar uma viagem pra esse lugar ou um intercâmbio ficando meses lá. Essa experiência de estar com o idioma presente diariamente aperfeiçoam rapidamente para alcançar a sua fluência.
Sendo esta a opção que provavelmente sai mais cara, mas também a mais eficaz, passar um período em outro país aprendendo e vivenciando diariamente a língua que você almeja dominar facilitam bastante no desenvolvimento pois você estará realizando todas as atividades que indiquei nos tópicos anteriores. Procure se informar por meio de empresas de intercâmbio ou de turismo quanto custa essa viagem para você começar a juntar. É muito importante se programar financeiramente de forma antecipada.

Muita gente tem vergonha ou medo de errar quando decide aprender um novo idioma, mas aí eu quero deixar claro que teus erros na pronúncia ou na forma de se expressar em outro idioma são partes da jornada de todo ser humano que decide aprender algo. Você vai falar errado até conseguir falar certo. Você vai se confundir ou não vai saber se expressar bem até conseguir. Todas essas frustrações fazem parte do teu desenvolvimento. Não fique se cobrando tanto, basta continuar seguindo minhas dicas que uma hora os refrescos vão chegar. Espero que a publicação tenha sido útil. Beijo grande!

Postagens mais visitadas deste blog

A nova tendência do cabelo descolorido e suas variações

Eu tô chocada que eu tô criando muita publicação no blog sobre Moda & Beleza que não é da minha essência. Quer dizer, eu acho lindo e adoro acompanhar, mas quase nunca crio coragem pra meter a cara e tentar fazer alguma dessas coisas que eu idolatro. Será que eu vou mudar isso futuramente? É uma mudança bem radical a gente descolorir o cabelo e, por exemplo, mudar algo que era preto para loiro. Já observei muito essas mudanças radicais entre pessoas influentes como artistas e queria compartilhar com vocês esse estilo que eu tô admirando bastante ultimamente.

A artes digitais absurdamente belas de Tati MoonS

Minha gente, eu descobri esse perfil do instagram por meio do twitter e eu fiquei sem fôlego com o tamanho do talento desta garota chamada Tatiana (auto-retrato na foto acima) com nome artístico de Tati MoonS . Ela é uma artista digital espanhola e dona dessas artes que estou prestes a apresentar a vocês.

As makes coloridas de Euphoria para se inspirar

E aí, meus queridos. Eu fiz justamente a publicação anterior falando sobre a série Euphoria para comentar algo que provavelmente vai marcar esta geração. Como eu falei na publicação sobre a série , além da estória em si a mesma também se destacou na parte visual tanto com a filmografia quanto os looks dos personagens, os cenários e as maquiagens. E como eu fiquei apaixonada, doida pra tentar refazer essas maquiagens e falhar, eu decidi apresentar esse trabalho incrível das principais maquiadoras e responsáveis por essas obras de arte. No caso são Doniella Davy e Kirsten Coleman , que eu já deixei o instagram pra vocês seguirem e acompanharem o trabalho delas.

Resenha: A Barraca do Beijo de Beth Reekles

Desde que a Netflix lançou o segundo filme da Barraca do Beijo apareceram tweets na minha linha do tempo do perfil do blog com comentários negativos que me deixaram curiosa para entender o que estava acontecendo. Essas críticas envolviam os personagens principais do filme e suas atitudes tóxicas e machistas, coisas essas que eu não tinha percebido quando assisti os filmes. Mais uma coisa que eu não sabia e que eu só fiquei sabendo nesse exato momento que estou escrevendo pra vocês é que o livro A Barraca do Beijo foi feito por uma cientista. Beth Reekles, a autora do livro, é uma garota de exatas, formada em Física pela Exeter University. Mas nas horas vagas ela gosta de ler e escrever no Wattpad. O livro fez tanto sucesso nessa plataforma com mais de 19 milhões de acessos e 40 mil comentários, além de vencer o Prêmio Watty de Ficção Adolescente mais popular que eu entendi tudo. A senhora Netflix não ia deixar essa oportunidade passar batido, não é mesmo?

Como mandar uma sugestão de melhoria pro Instagram

E aí, amados. Eu estava buscando na internet essa dúvida que vocês também estão tendo. Como não encontrei em lugar nenhum da internet, eu decidi criar esse tutorial pra quem quer mandar uma mensagem de feedback pro Instagram pelo aplicativo. Vem que eu te ensino. 1. No Aplicativo, acesse o seu perfil. 2. Clique no Menu ☰ . 3. Vá em Configurações ⚙️. 4. Clique em Ajuda ❔. 5. Clique em Relatar um problema . 6. Clique em Enviar feedback . 7. Escreva a mensagem no campo e, se necessário, anexe imagens no campo Adicionar ➕. 8. Aperte em Enviar . Fiz também um tutorial rápido pelo Instagram do blog, pra quem prefere visualizar por vídeo: A minha sugestão foi para criar a função de Amigos Próximos pras publicações do feed também. Imagina ter umas publicações suas visíveis só pros seus melhores amigos? Seria tudo pra mim. Eu publicaria mais no meu insta se tivesse essa opção. Qual a de vocês?