Pular para o conteúdo principal

Séries da Netflix: Teenage Bounty Hunters



Pessoas queridas do meu coração, eu ressuscitei no blog justamente pra apresentar essa série nova da Netflix que lançou na sexta-feira (14/08). As minhas expectativas já estavam altas por que essa série me bateu uma curiosidade por causa do seu enredo diferente que eu tive que pesquisei o trailer da série pra conferir e vocês sabem que eu não tenho o costume de pesquisar informações de séries e filmes pra poder assistir né. Quase sempre eu sigo minha intuição enquanto estou navegando pelo catálogo da Netflix e o que me chamar mais atenção eu dou play e assisto, desse jeitinho. Você que curte gêneros de entretenimento com adolescentes, aquele drama colegiais de relacionamentos, aquela comédia de besteirol que você se acaba de rir com as leseiras e uma ação com caçadores de devedores. Tu tais no lugar certo. Essa série tem uma semelhança danada com o nível de besteirol de Unbreakable Kimmy Schmidt e Chewing Gum. Se tu já viu alguma dessas séries e curtiu já adiciona na lista da Netflix essa série pois é certeza absoluta que tu vai amar. Sério.

Agora deixa eu contar mais da série pra vocês. Ai, eu amei tanto! De verdade!! Bom demais!! Me acabei de rir com as meninas. É a maior palhaçada. MARAVILHOSAS! Sterling e Blair são irmãs gêmeas e estudam numa escola religiosa de elite. Tem todos aqueles clichês sobre relacionamentos, pecados, relações sexuais, inimigas... As irmãs são o oposto. Temos a puritana que é a loirinha dos olhos azuis e a rebelde que é a morena dos olhos castanhos. Ambas têm uma conexão muito legal que é mostrada na série em que conseguem se comunicar apenas com a troca de olhares. E fica ainda mais legal quando elas conhecem Bowser, o caçador de recompensas que recebe missões de Yolanda (chefe de fiança). Os caçadores de recompensas são profissionais que capturam criminosos fugitivos da justiça para receber recompensas financeiras. Por isso o nome. E por um acaso Bowser, Sterling e Blair se encontram, são notadas por Bowser devido a suas habilidades de tiro, corrida e luta e começam a trabalhar em equipe para pagar pelo conserto dos danos causados no carro do seu pai.

Sinopse: As gêmeas Sterling e Blair tentam conciliar a vida em uma escola de elite com o novo trabalho de caçadoras de recompensa.



E não para por aí tá. A série trata com leveza assuntos sérios como racismo, orientação sexual, insegurança, relacionamento com familiares e inclusão social. Se você reparar quando assistir você vai encontrar personagens com PcD tratados da maneira que deveria ser, com a maior normalidade. Ela é gostosa demais de assistir. Tem vários personagens cativantes e eu confesso que me identifiquei MUITO com Blair e Sterling, mas não vou dizer em que por que eu sou muito da misteriosa. Risos. Fora as cenas de perseguição e cada caso que eles trabalham juntos, vão se apegando e é tudo fofinho demais. É tudo de bom e merece demais o tempo gasto de vocês. Assistam!



A série é original da Netflix e você pode assisti-la clicando aqui. Ela tem dez episódios de 60 minutos. É uma ótima sugestão para assistir seguidamente no modo maratona. Espero que vocês gostem tanto quanto eu curti e que seja renovada pra continuação desse final show de bola! Amém!


FICHA TÉCNICA
Nome: Teenage Bounty Hunters (2020)
Tradução: Caçadoras de Recompensas
Criador: Kathleen Jordan
Gênero: Adolescente | Ação | Aventura | Comédia
Duração: 1 Temporada - 10 Episódios - 60 minutos - 10h00m
Avaliação: ★★★★★ - ♡ (5/5)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A nova tendência do cabelo descolorido e suas variações

Eu tô chocada que eu tô criando muita publicação no blog sobre Moda & Beleza que não é da minha essência. Quer dizer, eu acho lindo e adoro acompanhar, mas quase nunca crio coragem pra meter a cara e tentar fazer alguma dessas coisas que eu idolatro. Será que eu vou mudar isso futuramente? É uma mudança bem radical a gente descolorir o cabelo e, por exemplo, mudar algo que era preto para loiro. Já observei muito essas mudanças radicais entre pessoas influentes como artistas e queria compartilhar com vocês esse estilo que eu tô admirando bastante ultimamente.

A artes digitais absurdamente belas de Tati MoonS

Minha gente, eu descobri esse perfil do instagram por meio do twitter e eu fiquei sem fôlego com o tamanho do talento desta garota chamada Tatiana (auto-retrato na foto acima) com nome artístico de Tati MoonS. Ela é uma artista digital espanhola e dona dessas artes que estou prestes a apresentar a vocês.

As makes coloridas de Euphoria para se inspirar

E aí, meus queridos. Eu fiz justamente a publicação anterior falando sobre a série Euphoria para comentar algo que provavelmente vai marcar esta geração. Como eu falei na publicação sobre a série, além da estória em si a mesma também se destacou na parte visual tanto com a filmografia quanto os looks dos personagens, os cenários e as maquiagens. E como eu fiquei apaixonada, doida pra tentar refazer essas maquiagens e falhar, eu decidi apresentar esse trabalho incrível das principais maquiadoras e responsáveis por essas obras de arte. No caso são Doniella Davy e Kirsten Coleman, que eu já deixei o instagram pra vocês seguirem e acompanharem o trabalho delas.

Séries da Netflix: The Umbrella Academy

E aí, amiguinhos. Ontem, em plena sexta-feira, estreou a nova temporada dessa série queridíssima não só por mim, mas por vários outros seriadores. Como The Umbrella Academy é da Netflix, todos episódios da segunda temporada estavam disponíveis e eu sextei da melhor maneira não é, maratonando tudo em um dia. Sonho de princesa. É uma coisa maravilhosa, mas também pode ser um tremendo erro. Eu terminei de assistir tudo, fiquei na vontade de assistir mais e vou ter que esperar sabe-se lá quantos meses ou anos (a dramática). Percebi que ainda não tinha falado dela com vocês aqui, por isso estamos batendo esse papo.

Vesgo: Músicas mixadas com aquele toque especial do brasileiro

E aí, meus queridos. Ultimamente estive animada para indicar coisas aqui no blog e aproveitando que conheci recentemente essa obra de arte presente no YouTube hoje a indicação é do canal de músicas chamado VESGO que tem uma leve semelhança do VEVO. Será que foi coincidência ou proposital? O idealizador do canal se chama Erickon Fox (foto abaixo). O canal existe desde 2015 e já conta com mais de 1 milhão de inscritos e mais de 233 milhões de visualizações em todos os vídeos. Sucesso que chama, né? Eu conheci esse canal após um vídeo de uma garota dançando a música Blinding Lights de The Weeknd na versão Os Barões da Pisadinha bombar na internet. Tais ligado na dança, né? Eu só fiquei como ela quando descobri esse canal show. Eu já amo músicas mixadas por vida, também amo música internacional e nosso som nacional aí pegando essa mistura de tudo o que eu gosto só deu em paixão à primeira visualização.